sexta-feira, 15 de abril de 2011

A Cientista Mayana Zatz foi profundamente desonesta...

Fonte: http://darwinismo.blogspot.com/

Mayana Zatz foi profundamente desonesta com o Congresso Nacional sobre as pesquisas com células-tronco embrionárias humanas?

O bioeticista Art Caplan, a favor das pesquisas com células-tronco embrionárias –que não se envolveu nessas táticas –acertou em cheio sobre a falsidade da defesa das pesquisas com células-tronco embrionárias humanas.

Note o diálogo interessante entre Caplan [AC] e Robert George [RG]:

AC: …A pesquisa com células-tronco embrionárias humanas foi completamente exagerada, em termos de sua promessa. E as pessoas sabiam disso na ocasião. Eu mesmo tentei dizer isso em ocasiões diferentes, muito embora eu apoie a pesquisa com células-tronco embrionárias humanas. Mas esta noção de que as pessoas estariam for a de suas cadeiras de rodas dentro de um ano se nós pudéssemos tão-somente conseguir que a pesquisa com células-tronco embrionárias humanas fosse financiada com recursos foi simplesmente ridículo. Simplesmente idiota.

RG: Elas sabiam disso naquela ocasião?

AC: Sim, aquelas pessoas que disseram isso tinham de saber naquela ocasião. Os cientistas tinham de saber disso. Quem jamais já realizou uma cura de algo que é basicamente uma placa Petri? Isso nunca aconteceu. A terapia gênica foi prometida como uma cura para tudo, e agora está começando a curar coisas, 15 anos depois dos experimentos iniciais de terapia gênica estavam sendo feitas em placas Petri. Eu penso que a pesquisa com células-tronco embrionárias humanas —se funcionar, se você puder controlar as células-tronco derivadas dos embriões, se elas não reverterem à sua forma original… mas nós não sabemos quais elementos químicos colocar ao redor delas, fazê-las se tornar o que nós queremos. Nós não sabemos onde colocá-las. Mas a política dessa questão foram as políticas do aborto, significando que um lado tinha como um princípio, “Não matarás.” O outro lado tinha como um princípio, “Você deve curar” E isso aumentou a retórica. Assim, eu penso que a ciência se tornou sensacionalista em resposta à politicagem. As normas conduziram o debate. A pesquisa com células-tronco embrionárias humanas para mim é uma que eu posso relacionar como uma das 20 fronteiras científicas que você deve perseguir. Não é a fronteira, mas é uma de um número delas.

E continua não sendo “a única esperança.”

RG: Mas isso para mim parece um nicho.

AC: Oh, é um nicho, absolutamente. Banco da dados biológicos, biologia sintética, bioagricultura, medicina regenerativa em nível de célula-tronco adulta… Tem um punhado de areas da ciência com promessa igual—

RG: Se os cientistas soubessem que o que eles estavam fazendo era tornar sensacionalista a ciência, então —até mesmo deixando de lado a questão ética sobre o status dos embriões humanos— parece ser profundamente desonesto, claramente errado.

Fonte: http://darwinismo.blogspot.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário