terça-feira, 17 de abril de 2012

O jornal Público gosta mais de orangotangos do que de esquilos

O jornal Público gosta mais de orangotangos do que de esquilos


by O. Braga

"Os orangotangos ganham aos chimpanzés e gorilas, pelo menos na questão das camas. Entre os grandes símios, os orangotangos são aqueles que fabricam as camas mais elaborados e que duram mais tempo. Mas nunca se tinha estudado aprofundadamente as suas camas, ou ninhos, que permanecem nas árvores da floresta tropical, no arquipélago da Indonésia, depois de os seus donos terem continuado viagem. Agora, uma equipa de cientistas britânicos descobriu que estas estruturas são uma obra de engenharia complexa, a começar na forma como os orangotangos utilizam os galhos das árvores na sua construção."



via As camas dos orangotangos são obras de engenharia - Sociedade - PUBLICO.PT.







Os esquilos também fazem da construção dos seus ninhos autênticas obras de engenharia, mas o jornal Público não gosta de esquilos porque, aparentemente, os esquilos não fazem parte da história da "ascendência directa" [do ser humano em relação aos símios]. Os esquilos são injustamente descriminados pelo jornal Público.



Dizer que o Homem descende do esquilo, parece mal; não fica bem!. Ou que o Homem descende da vespa; já viram os ninhos das vespas? Autênticas obras de engenharia...! Provavelmente, e a julgar pela notícia, a capacidade de engenharia das vespas na construção dos seus ninhos, deve-se à inteligência dos orangotangos.



Um dia destes, o jornal Público vai cair na realidade e anunciar solenemente que o Homem descende da vespa.

O. Braga
Terça-feira, 17 Abril 2012 at 9:38 pm
Tags: Cientismo, jornal Público
Categorias: A vida custa, Darwinismo, Esta gente vota
URL: http://wp.me/p2jQx-b6U 
 
Divulgação: http://biologiareformacional.blogspot.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário