sábado, 14 de julho de 2012

Dez problemas fundamentais com a evolução darwinista que a Profa. Sílvia Regina Gobbo não ousa abordar


Posted: 14 Jul 2012 06:48 AM PDT


Quais são os dez problemas principais com a evolução darwinista?

Casey Luskin 12 de julho de 2012 12:01 PM | Permalink

Alguns meses atrás eu dei as minhas principais críticas da evolução darwinista  que eu penso devem ser ensinados nas escolas públicas. Todavia, os problemas com a evolução darwinista são muito mais profundas. Eis aqui os meus dez problemas fundamentais com a evolução biológica e química:


2. O fracasso do registro fóssil em fornecer apoio para a evolução darwinista. (Para detalhes, vide "Punctuated Equilibrium and Patterns from the Fossil Record" ou "Intelligent Design Has Scientific Merit in Paleontology");


3. O fracasso da biologia molecular fornecer evidência para uma grande "Árvore da Vida." (Para detalhes, vide: "A Primer on the Tree of Life");

4. A seleção natural é um método extremamente ineficiente em espalhar características nas populações a menos que uma característica tenha  um coeficiente extremamente alto de seleção; [Contra o artigo Os 8 fatos fundamentais sobre a seleção naturalpublicado no Hype Science e revisado pela Profa. Sílvia Regina Gobbo, bióloga teísta evolucionista???]

5. O problema com a evolução convergente parece ser pior - nos níveis genético e morfológico, muito embora sob a teoria darwinista isso seja altamente improvável. (Para detalhes, vide "Convergent Genetic Evolution: 'Surprising' Under Unguided Evolution, Expected Under Intelligent Design"    e "Dolphins and Porpoises and...Bats? Oh My! Evolution's Convergence Problem");


6. O fracasso da química em explicar a origem do código genético. (Para detalhes, vide "The origin of life remains a mystery" ou "Problems with the Natural Chemical 'Origin of Life'");


7. O fracasso da biologia do desenvolvimento em explicar por que os embriões de vertebrados divergem desde o início do desenvolvimento. (Para detalhes, vide: "Evolving views of embryology," "A Reply to Carl Zimmer on Embryology and Developmental Biology," "Current Textbooks Misuse Embryology to Argue for Evolution");


8. O fracasso da teoria neodarwinista em explicar a distribuição biogeográfica de muitas espécies. (Para details, vide "Sea Monkey Hypotheses Refute the NCSE's Biogeography Objections to Explore Evolution" ou "Sea Monkeys Are the Tip of the Iceberg: More Biogeographical Conundrums for Neo-Darwinism");


10. Os seres humanos mostram muitos traços comportamentais e cognitivos, e capacidades que não oferecem nenhuma vantagem aparente de sobrevivência (ex.: música, arte, religião, capacidade de ponderar sobre a natureza do universo).

É claro, ainda até esses "dez problemas fundamentais" apenas arranham a superfície. O que você adicionaria?

+++++

NOTA DESTE BLOGGER:

O site HyperScience está vendendo gato por lebre em termos de teoria da evolução, e a Profa. Sílvia Regina Gobbo está demonstrando uma ignorância profunda e desatualizada da literatura especializada sobre a falência heurística da atual teoria da evolução - a Síntese Evolutiva Moderna, ou neodarwinismo que a editoria da Folha de São Paulo fica nervosa só de ouvir. 

Gente, vem aí uma nova teoria geral da evolução - a SÍNTESE EVOLUTIVA AMPLIADA, que, pasme Profa. Gobbo, contrariando a Darwin, não será selecionista, e deverá incorporar aspectos teóricos lamarckistas (pobre Darwin? Que nada, Darwin foi mais lamarckista do que Lamarck na sexta edição do Origem das Espécies), mas somente será anunciada em 2020. Por que o HypeScience não aborda isso? Não aborda porque quando a questão é Darwin é tutti cosa nostra, capice???

Isso precisa ser replicado publicamente, e foi o que fizemos com esta postagem traduzida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário